quarta-feira, março 09, 2011

OBJETOS DO TITANIC – PARTE II


Preservar os artefatos do Titanic requer uma equipe colaboradora de conservadores, curadores, arqueólogos, historiadores e outros especialistas que prestam cuidados contínuos e manutenção da coleção desde o momento da recuperação. Ao seguir rigorosamente estes procedimentos o RMS Titanic Inc., pode compartilhar com segurança esses artefatos únicos com o público, respeitando seu contexto histórico como lembrança do legado RMS Titanic.

01. Pesquisadores e historiadores supervisionam o processo de recuperação. Uma vez a bordo, cada artefato é resumidamente identificado, mensurado, fotografado, e a ele atribuído um número de identificação de adesão, seguido de estabilização para prevenir mais deterioração.

02. Envolvido em revestimento de proteção e amortecido com espuma, o artefato é colocado em um recipiente seguro para o transporte para os laboratórios de conservação em terra.

03. Todos os artefatos devem ser dessalinizados em mudanças sucessivas de água destilada. Esse processo inicial remove sais dissolvidos do oceano que contribuem para a rápida deterioração de todos os artefatos. Tratamentos de dessalinização podem levar semanas e até anos, dependendo do tamanho, complexidade e composição do artefato.

04. Após a dessalinização, tratamentos específicos nos objetos, são realizados para limpar superfícies, estabilizar os danos físicos e químicos, e para remover manchas, restos e produtos de corrosão.

05. Depois de conservados, os artefatos são devidamente documentados e catalogados. Curadores, historiadores do navio, cientistas e outros pesquisadores realizam profunda investigação para aprender o máximo possível sobre fabricação de objetos, a história, e o uso a fim de proporcionar o nosso conhecimento não só do navio, mas também os seus passageiros e tripulantes.

06. Proteger e preservar este material - curadoria - é um compromisso significativo de tempo, recursos e equipe. Como administrador da Coleção Titanic, o RMS Titanic Inc., está comprometido com o cuidado a longo prazo de todos os objetos recuperados.

07. Os artefatos recuperados do Titanic incluem metais, cerâmicas, vidros, e, surpreendentemente, tecidos, papéis, couros e objetos, como azeitonas, nozes e sabão. Eles vão desde as ferramentas e equipamentos necessários para o funcionamento do navio até itens pessoais dos passageiros e tripulantes. Curadores selecionam objetos que colaboram com o enredo da Exposição. Louças e talheres criam uma imagem visual das elegantes salas de jantar, enquanto travessas e pratos para gratinar chamam a atenção à preparação de alimentos. Roupas e jóias retratam estilos do início do século XX e as diferenças sociais entre os passageiros.

08. Os artefatos selecionados para a exibição devem ser capazes de suportar os rigores da viagem. Embora os objetos possam parecer robustos, eles são realmente muito frágeis. A fim de protegê-los enquanto estiverem em exposição, é utilizado microclimas dentro das vitrines de exposição, iluminação especial, e suportes feitos sob medida para prolongar a vida de cada artefato.

09. Cada exposição é uma iniciativa conjunta entre os departamentos de concepção, produção, serviços e coleções. Trabalhando em conjunto, essas equipes resolvem problemas de logística, transporte e construção para instalar a exposição nos locais mais diferentes. Os artefatos são preparados para a exposição, transportados em caixas de design personalizado e veículos climatizados, e instalados por equipes especializadas.

10. Enquanto alguns artefatos podem estar em exposição a longo prazo, outros mais frágeis, tais como documentos em papel e tecidos são alternados regularmente entre exposições para preservar a sua condição. Outros artefatos são monitorados e podem ser sujeitos a tratamentos extras de conservação.


3 comentários:

Ana Paula disse...

nossa qtas pessoas envolvidas para a preservaçao de um acervo!

Andre disse...

interessante todo processo ;)

Lucas Rubio disse...

Processo difícil e tem que ser feito por profissionais, ótimo post, sempre é bom ficar sabendo o processo que fez o que voce verá na exposição chegar ate ali.