domingo, outubro 05, 2008

AÇÃO JUDICIAL DE THOMAS RYAN - PARTE I

Ação judicial de Thomas Ryan contra a Oceanic Steam Navigation Co Ltd. A negligência, conforme apuração, decorreu do navio navegar “à velocidade excessiva e imprópria, tendo em vista as condições prevalecentes, a saber, a excepcional escuridão da noite, a atmosfera nevoenta, a ausência de vento e movimento do mar, no instante e mesmo antes da hora da colisão, além da presença de icebergs e campos de gelo no curso da dita embarcação; que porquanto soubessem da presença do dito campo, não conseguiram alterar a rota ou diminuir velocidade, a fim de evitar os riscos, nem manter vigilância conveniente ou suficiente, provisionando sentinelas com binóculos; que nenhuma acomodação salva-vidas adequada foi garantida ao dito navio, considerando-se o número de passageiros e tripulantes que a embarcação transportava; e que os acusados não fizeram com que a citada tripulação fosse suficientemente treinada e organizada para a tarefa de tratar da ocupação e lançamento na água de tais escaleres..."

Titanic – O Naufrágio – Leo Marriott – Editora Record.

7 comentários:

Jeff disse...

o.O q massa esse doc Alê, vlw!!!

Daniel disse...

passei aki tem pouco tempo e ja tem coisa nova, d+
aparece no msn, axei fotos novas
abçs

PS.: copiei o doc hihihihihi =)

Fabiana disse...

axo legal esses documentos de tribunal, seu blog eh SHOW
PARABENS!!!

sequela-cultural disse...

quem eh thomas ryan? e o q ele sabe q nos nao sabemos??

Mário disse...

=) tou do lado dele

Milward disse...

O álcool não tá deixando eu pensar.


Mas é muito interessante ese post! =DDD

JEFFERSON disse...

MUITO SHOW, MAS QUEM É THOMAS RYAN.
TOU DO LADO DELE [2]