sábado, maio 23, 2009

SEGUNDA CLASSE - CABINE F33

Hoje iremos falar das companheiras de quarto de Elizabeth Ramell Nye ( post anterior ). Elizabeth embarcou em Southampton, viajando como passageira de Segunda Classe com o bilhete número CA 29395. Durante a viagem dividiu sua cabine F33 com Amelia "Mildred" Brown, Selena Rogers Cook e Amelia "Milley" Lemore.


Amelia “Mildred” Brown era cozinheira do Senhor Hudson Allison e família. Viajava como passageira da Segunda Classe, juntamente com o chauffeur da família George Swane ( ver próximo post ).

Naquela noite fria de domingo, 14 de abril de 1912, Amelia Mildred Brown ficou muito relutante em levantar-se mesmo com os apelos de seu amigo George Swane. Somente quando Selena Rogers sugeriu que ela certamente era a única pessoa no navio inteiro a permanecer na cama, e que ela levantou-se.

Amelia Mildred foi salva no bote salva-vidas número 11 e escreveu para sua mãe após ser resgatada pelo navio Carpathia. A carta foi postada na Grand Central Station, em Nova York, às 10h00min da manhã do dia 19 de Abril de 1912, conforme registro do carimbo. Amelia Mildred morreu no dia 30 de junho de 1976.


Selena Rogers Cook e Arthur Cook eram recém-casados em Oxford, Inglaterra. Selena Rogers Cook, 22 anos, embarcou no Titanic e deixou seu marido para visitar parentes em Nova York.

Após a colisão com o iceberg, naquela noite fria de domingo, 14 de abril de 1912, sua companheira de quarto Amelia Mildred Brown ficou muito relutante em levantar-se mesmo quando George Swane ( ver próximo post ) e seus companheiros do quarto incentivaram a levantar e a advertiram do perigo. Somente quando Selena Rogers exclamou que ela era certamente a única pessoa no navio inteiro a permanecer na cama, e que ela levantou-se. Foi salva no bote salva-vidas número 14.

Selena Cook encontra-se com o seu marido e juntos estabelecessem na Pensilvânia. Ela torna-se uma oficial da organização Daughters of the King, é membro ativo da sua igreja e ainda da Sociedade da História Local. Selena Cook morreu no dia 12 de setembro de 1964.


Amelia “Milley” Lemore, 34 anos, nasceu em Londres, Inglaterra em 1873. Casou-se com James Lemore de Norfolk, Virgínia, em 1907, e estabeleceu-se em Chicago.

Embarcou no Titanic em Southampton como passageira da segunda classe com o bilhete número CA 34260. Seu destino era Linnix, 2236 Austin Avenue, Chicago, Illinois. Amelia Lemore foi salva entrando no bote salva-vidas número 14. Depois do naufrágio fez reivindicações de seguro.

5 comentários:

Raphael disse...

Muito interessante essa sequencia, parabens!!!

Luiz Felipe disse...

deve ser estranho viajar com pessoas q nao conhecemos

O.o

Gabriel disse...

sao peculiaridades de cada um :)

Mário disse...

a gente hoje acha isso estranho viajar com pessoas estranhas, mas na epoca era muito comum ter que partilhar um quarto com um perfeito desconhecido isso acontecia sobretudo nas classes mais baixas, como os foguistas e estivadores que quer no navio quer mesmo em terra partilhavam quartos com mais outros tantos. hoje em dia com a crescente emigraçao isso acontece de novo nas residencias de imigrantes

Tommy disse...

Várias vidas, vários sonhos.
Tudo por um fio de esperança entre a vida e a morte