sábado, junho 13, 2009

A FAMÍLIA ALLISON


Hudson Joshua Creighton Allison nasceu em Chesterville, Ontario, Canadá, no dia 9 de dezembro de 1881. Filho de Jesse Rosa Allison e Pheobe Johnston. Tinha três irmãos: Margaret nascida em 9 de abril de 1876, George, nascido em 16 de outubro de 1879 e William, nascido em 21 de março de 1887.

Com boa aparência e boas maneiras adquiridas com o trabalho realizado de protestante, Hud, como era chamado, trabalhou por um tempo como vendedor na loja Chester Casselman's General Store, em Chesterville. Com apenas 19 anos, seu tio George “Frank” Johnston, lhe passou a divisão Júnior da empresa de agência corretora em Montreal. Seu tio havia começado com John Wilson McConnell, que compraria mais tarde o jornal Montreal Star. Os três homens eram membros da “Methodist Mafia”, como eram chamado em Montreal, os círculos financeiros canadenses. Hudson Allison foi enviado para a cidade de Buffalo para aprender a estenografia, e trabalhar como agente de seguros para seu tio na empresa Sun Life and New York Life. Com o tempo abriu seu próprio escritório na cidade de Winnipeg. Durante seus dois anos em Winnipeg viveu em uma casa na esquina de Westminster Avenue e Sherbrook Street.

Durante uma de suas viagens de trem que freqüentemente fazia de volta a Montreal, conheceu Bessie Waldo Daniels, filha de um caixeiro americano de uma fábrica irlandês situada em Massachusetts. Casaram-se contra a vontade dos pais na cidade de Milwaukee, ele com 26 anos e ela ao completar 21 anos.

Os Allisons eram devotos Metodistas, ensinavam na escola aos domingo, as partes da Bíblia. Hudson era visto freqüentemente como um pregador exemplar. Sua filha, Helen Loraine, nasceu no dia 5 de junho de 1909, e seu filho, Hudson Trevor, nasceu no dia 7 de maio de 1911. Neste mesmo ano mudaram-se para a nova casa que construíram em Westmount, Quebec.

Hudson Allison fez parte do quadro de funcionários da British Lumber Corporation, e sempre viajava para a Inglaterra para reuniões dos diretores. Numa dessas viagens batizou seu filho Hudson Trevor em Epworth numa Igreja Metodista que tinha como fundador e também pregador John Wesley.

Hudson pegou seus vinte e quatro eqüinos da raça Clydesdales e Hackney usados na sua fazenda agrícola, suas mobílias e sua equipe de funcionários recrutadas para o trabalho nas suas duas residências, George Swane como chauffeur, Mildred Brown como cozinheira, Alice Cleaver como babá para seus filhos Hudson Trevor e Helen Loraine, e Sarah Daniels como criada da sua esposa Bessie, com destino aos Estados Unidos.

Como muitos outros, a família Allisons tinha alterado seus planos de viagem para poder ter o prazer da companhia dos seus amigos na viagem do Titanic em 10 de abril de 1912. Com o bilhete de número 113781, pagaram por três cabines no deck C, cabines C22 – C24 – C26. O casal Allison ficou numa suíte, Sarah Daniels e Loraine em outra e Alice Cleaver e Trevor em outra. Os outros empregados foram instalados em cabines da Segunda Classe no deck F.

Quando houve o choque do Titanic com o iceberg, Alice Cleaver pegou Trevor e foi com ele para o bote salva-vidas número 11. Bessie Allison teve a oportunidade de entrar num bote salva-vidas juntamente com sua filha Loraine, mas recusou a deixar o navio sem seu bebê. Arrastou Loraine para fora do bote e começou a procurar por Alice e por seu filho Trevor.

O casal Allison e sua filha Loraine morreram no naufrágio. Somente o corpo de Hudson Allison foi recuperado pelo navio Mackay-Bennett, com o número de identificação 135. O corpo do Senhor Allison foi enterrado no jazido da família no cemitério Maple Ridge, Winchester, Ontario.

Um mês após o funeral, o irmão de Hudson, William, recebeu uma entrega inesperada: os cavalos que Allison havia enviado antes de parti no Titanic, por meio de outro navio, haviam chegado com segurança.

Hudson Allison não deixou nenhum testamento indicando as suas vontades, assim sendo, seus irmãos William e George foram obrigados a lutar pelos bens da família.

5 comentários:

Luiz Felipe disse...

linda historia :)

linda musica :D

Mário disse...

ja tentei um dia fazer esse texto pela encyclopedia da salvat mas perdi a vontade eheh abraço

TITANIC MOMENTOS disse...

Mário,
O texto foi pesquisado unicamente na Encyclopedia Titanica. Obrigado.

Rodrigo Aparecido Piller disse...

Muito bom o texto, é ótimo conhecer mais sobre estas pessoas... Graças à vc e ao Titanic (1996) sabemos um pouco mais de suas histórias,, claro que de modo dramatizado no filme,,, Interessante também é ver que MArshall também colocou numa de suas pinturas este casal em seus momentos mais dramáticos... http://4.bp.blogspot.com/_VFvyegtvpeA/Sd7BbpFBmbI/AAAAAAAAAeE/3Nb00NHdJJs/s1600-h/Titanic+(17).jpg --- Note os Allisons desesperados à procura de Trevor...

Tommy disse...

Não sabiam eles do triste fim que os a gurdava :(