segunda-feira, fevereiro 04, 2008

UM GRANDE FILME E UM GRANDE ERRO



Exibido nos cinemas brasileiros como "Náufragos do Titanic" e lançado em DVD para aproveitar o relançamento em edição especial da famosa versão de 1997 do mesmo estúdio, este "Titanic", de 1953, é mais modesto, mas a melhor versão feita até hoje. Simplesmente porque conta uma história mais humana e sensível, centrando a ação não na tragédia geral, mas num casal rico que tem problemas quando o marido (Clifton Webb, então grande astro em papéis de homens pedantes) descobre que o filho menor não é seu e o despreza enquanto justamente o garoto o venera. Barbara Stanwyck faz a mulher infiel, e a encantadora Audrey Dalton, a filha mais velha, tem um romance com um rapaz da outra classe (Robert Wagner, num dos papéis que o transformaram em astro). Thelma Ritter, a grande coadjuvante, faz o personagem de Molly Brown, aqui como Maude Young, vivido depois por Debbie Reynolds, em "A Incrível Molly". "Titanic" foi indicado ao Oscar de direção de arte e ganhou o de roteiro. Contudo a perfeição do filme deixa muito a desejar, não só pelo fato do iceberg ser demasiado branco e brilhante, o próprio iceberg rasga o casco do Titanic no lado de bombordo em vez do lado estibordo. O diretor Jean Negulesco queria passar a ideia real de que o Titanic partiu do lado Leste para Oeste, assim como num mapa em que vemos a Inglaterra do lado direito e os Estados Unidos do lado esquerdo, imaginemos o Titanic nesse mapa viajando, para que isso se entendesse ele preferiu mostrar o Titanic a bater no lado contrário. Créditos: Mário Silva.

11 comentários:

Mário disse...

obaaaaa, mais um dos meus posts eheheh, ficou legal, assim somam-se mais uns comentarios desde que o post foi lançado no titanicfans.

gabriel disse...

vou prestar atençao nessa cena

vlw capitao

abçsss

sequela corporation disse...

ueh ,mas sooh por isso ele bateu o lado errado?
diretor burro da porra

pedro disse...

q erro, pow meu kd a supervisao, hihihihi

ficou massa issu, tem q prestar mta atençao

vlw

jonatas disse...

Prefiro o de 1997.


:D

JNK1718 disse...

Eita, eu nunca reparei muito bem nisso ahuhuahuahhauaa, faz tempo q não vejo esse filme, mas vou prestar mais a atenção. PARABENS pelo sucesso do blog. ^^
abraços

fernando disse...

o diretor inverteu a camera, hsuahsuahsuahsauh

Aislan disse...

Ninguem acreditou aki quando eu disse q isso foi um erro... fazer oq neh??

=D

Parabens!

Amauri disse...

"Que BURRO dá zero pra ele!"
Fica estranho, qualquer um que assisti ao filme percebe que na tomada antes, o iceberg atinge o lado direito do navio ...
ERRO grotesco ^^

Cássio disse...

no fim desse filme o autor força o naufrágio do Titanic de uma forma exagerada, o navio afunda muito rapidamente... mas os efeitos são muito bons para a epoca.

Tirano Sauro Rex disse...

Na série Voyagers! Viajantes do tempo possuí um ep no titanic e para as cenas do naufrágio utilizarama as cenas de Raise The Titanic, que por sua vez pegou cenas deste filme. E Na minha opnião, ambos os reutilizadores(Voyagers e Raise the titanic) aproveitaram melhor as cenas doq o próprio filme, pois eles inverteram a camera e colocaram ele batendo pelo lado certo, e o navio não afunda tão rapidamente, ele fica inclinado e bóia um pouco, e só depois afunda. Mais realsita que o próprio filme.