domingo, julho 06, 2008

BARÃO ALFRED VON DRACHSTEDT

Entre os passageiros da “Segunda Classe” figurava o barão Alfred von Drachstedt, que considerou o padrão das acomodações bastante modesto e preferiu pagar a diferença de preço e transferir-se para o “Primeira Classe”. Sendo um dos sobreviventes do naufrágio, ele viu sua falsa nobreza ser desmascarada com o término do inquérito que acabou provando que ele nunca fora barão, sendo meramente o Sr. Alfred Nournay.

Alfred Nournay nasceu no dia 26-02-1892, sobreviveu ao naufrágio ao ter acesso ao bote número 7 e faleceu no dia 15 de novembro de 1972. Infelizmente não encontrei fotos, somente este cartão postal que ele enviou para sua mãe: "Querida mãe, eu estou tão feliz na primeira classe! Eu já conheço algumas pessoas agradáveis! Um rei do diamante! O senhor Astor, um dos americanos mais ricos está a bordo! Mil beijos Alfred."

4 comentários:

ricardo disse...

A figura quebrou a cara, rsrsrs
Abçs capitão

gabriel disse...

Interessante!!! o.O

Mário disse...

eu gosto especialmente desse passageiro por ser aquela figurinha!aqui ficam algumas das situações caricatas que ocorreram com ele:ele se considerava um cavalheiro porque o seu guarda-roupa estava avaliado em 2133 doláres que ele fazia distinção de dizer que incluia joalharia,duas bengalas,dois conjuntos de artigos de toilet pessoal,e uma caneta de tinta permanente que ele dizia ser"uma marca especial de distinção".além dessa carta ele enviou dois telegramas no dia 13 pelas 12:20 um para sua mãe outro para sua amiga Jarkonska.na noite do naufrágio ele fazia parte do grupinho que jogava cartas no salão de fumo.depressa entrou no bote 7 o primeiro a deixar o titanic vestindo apenas uma camisola e umas calças,seu guarda-roupa já era.juntamente consigo levou o seu revolver e foi descarregando as balas dizendo que o trazia consigo para se "defender no velho oeste" e fez-lo em pequenos intervalos.depois de subir a bordo do carpathia entrou no salão de fumo arrumou uma pilha de cobertores que eram para ser distribuidos pelos sobreviventes e se deitou neles.uma jovem que passou e viu aquele presunçoso foi se queixar às amigas que foram para o local uma delas puxou o monte de cobertores fazendo ele rolar no chão e todas aplaudiram, e ele saiu de imediato dali com vergonha.tentou então enviar um telegrama para casa mas com o excesso de trabalho que bride e cottam estavam tendo o telegrama nunca foi enviado.de acordo com o falso barão ele perdeu 750 marcos alemães no titanic tendo apenas algumas moedas com ele.o seu desejo imediato foi regressar a Europa para Paris de onde ele disse ter vindo.Na verdade em entrevista à imprensa ele disse ter a sua mãe em Colonia,ao oficial de emigração disse morar na rua Weiden 11 em Colonia,mas na verdade ele vivia na rua Sachsenring 99 dessa cidade.deu uma entrevista na tv em 1960 onde relatou os gritos dos que estavam na água.

Fernando disse...

legal =)
vc tem esse postal Alê?
abçs ^^