terça-feira, junho 20, 2006

A ÚLTIMA INSPEÇÃO DO TITANIC

Em Southampton, o Titanic enfrentou mais três dias de testes conduzidos por Maurice Harvey Clarke, um superintendente altamente qualificado, assistente do ministério do Comércio no porto daquela cidade e oficial para os assuntos de imigração.
-
O teste dos botes salva-vidas foi mais rigoroso do que aqueles realizados em Belfast por Carruthers. Efetivamente, Clarke pediu ao capitão Smith que alguns membros da tripulação subissem a bordo dos botes, verificou as operações de soltura das hastes de aço, o traslado na parte externa do navio e determinou que os dois botes fossem baixados pelas duas laterais da embarcação, até o nível do mar. Em seguida, pediu ao pessoal que remasse pela bacia adjacente ao cais.
-
Satisfeito, finalmente permitiu que os dois botes de salvamento fossem içados a bordo. Clarke também inspecionou as anteparas estanques, revisando-as uma por uma com um aparelho especial. A resistência e a firmeza do compartimento B ficaram definitivamente comprovadas quando o encheram totalmente de água.
-
Eventuais problemas no fundo duplo também foram detectados com o uso de água. A presença de Clarke no navio acabou provocando um mal-estar geral, já que seus testes foram considerados demasiadamente severos.
-
Como duvidar que, na construção do Titanic, os estaleiros irlandeses Harland &Wolff não tivessem respeitado os mais exigentes critérios de segurança? Ainda mais: o Titanic não era imune a naufrágios? Por que, então, tanta meticulosidade por parte do governo? Não seria lógico contar com o máximo de colaboração por parte das autoridades? Afinal, aquele navio seria o orgulho da marinharia britânica na mais cobiçada e concorrida rota do mundo! Esses eram alguns dos pensamentos dos oficiais que acompanhavam Clarke em suas inspeções a bordo.
-
FOTO: Algumas vezes, os membros da tripulação simulavam situações de emergência. Este tipo de atividade servia para preparar os marinheiros para que, em uma situação de real perigo, pudessem contribuir com a experiência adquirida.

4 comentários:

flavia disse...

naum sei pra q tantos testes se o principal q era os botes naum tinha. pessoal tapado
como sempre seu blog eh d+++++
bjx

lorenna disse...

oi...
que saudades do seu blog...
muito trabalho na escola...
parabéns!!!
testes e mais testes e o pior aconteceu: o Titanic naufragou...
beijinhos

lorenna disse...

oi...
que saudades do seu blog...
muito trabalho na escola...
parabéns!!!
testes e mais testes e o pior aconteceu: o Titanic naufragou...
beijinhos

marlon disse...

nossa ne sabia de todos esses testes, foram ate meio severos mas eles nao se ligaram no rpincipal né? a quantidade de botes, vc como sempre nos fazendo ficar mais informados heehh!!! ( detetive )