sábado, agosto 12, 2006

ARABIC: UMA COLISÃO EVITADA

Alguns anos antes, William McMaster Murdoch embarcara no Arabic como oficial de convés e, em um revezamento do turno noturno, preparava-se para substituir um oficial mais jovem do que ele quando, inesperadamente, este oficial ordenou um rápido giro para estibordo porque o vigia acabava de ver a luz de bombordo de uma embarcação. Murdoch e seu colega correram para observar e calcular a gravidade do perigo.
-
Envolvido pela agitação daquele momento, seu colega ordenou que virassem para estibordo. Murdoch manteve-se tranqüilo e, com calma, distinguiu a luz vermelha de uma lanterna sob a proa do Arabic.
-
Para não aumentar a confusão, sem dizer sequer uma palavra, Murdoch se dirigiu rapidamente até o timoneiro, tirou-o violentamente de seu posto e, virando o leme para frente, conseguiu colocar novamente o navio na rota correta. Toda a situação fora avaliada em uma fração de segundo e o oficial encontrara a única solução possível.
-
Empurrado por um vento de popa que soprava ligeiramente a estibordo, um veleiro com as velas desfraldadas navegara paralelamente ao Arabic, interpondo-se a ele. A colisão fora evitada graças à astúcia de Murdoch.

4 comentários:

marlon disse...

nossa q historia hein, garças a murdoch mesmo, pena q ele se matou, ficou calmo em um e perdeu a cabeça no outro!!!

Mario disse...

Ele pensou ter agido correctamente no Titanic segundo a experiencia que já tinha tido anteriormente.

flavia disse...

oiiiiiiiiiiii
esse murdock eh foda msm, grande marinheiro.
d+++++ o blog
bjs linduuuu...

Sputnyck disse...

Gostei da musica!