terça-feira, agosto 15, 2006

PARTO A BORDO DOS NAVIOS

Depois da epopéia dos veleiros, que ofereciam péssimas condições de higiene para as massas de emigrantes, uma série de convenções internacionais melhorou sensivelmente os cuidados médicos disponíveis nos modernos transatlânticos. Nesse aspecto, o Titanic oferecia o melhor e, por essa razão, o doutor O'Loughlin dispunha do necessário para auxiliar àquele que precisasse de seus serviços. Era comum que mulheres de condição social humilde embarcassem no último período de gravidez, pois esperavam dar à luz na enfermaria do navio. Efetivamente, a bordo havia a garantia de uma assistência sanitária gratuita e indiscutivelmente superior àquela que receberiam em terra, antes da partida. Esse fato explica o motivo da escolha dos nomes de alguns recém nascidos, que recebiam o mesmo nome do navio em que nasciam, num ato de gratidão das mães, que se lembravam de uma experiência única e vital sobre aquela cidade flutuante.
-
Já imaginaram se no Titanic tivesse acontecido isso, um nascimento a bordo e o bebê com o nome de Titanic?

5 comentários:

Mario disse...

Bom sabe-se de mulheres grávidas no Titanic, não só Mrs Astor como muitas emigrantes em 3ª Classe, por isso, o Titanic seifou mais vidas do que aquelas que contamos actualmente.

flavia disse...

olaaaa gatinhu, blz?
nussa d+ essas maes, alem da viagem, um nascimento a bordo. grande aventura dessas mamaes.
como sempre d++++++++++ seu blog
bjs, bjs, bjs,,,,,,

Sputnyck disse...

Nossa, isso seria bem estranho.. TItanic Smith, TItanic Albert..

Felipe disse...

Verdade, isso tb é um fato importante para ser discutido, muitas pessoas não sabem que existia enfermarias, barbearias, piscina no Titanic. Qualquer mulher que desse um parto lá, seria uma experiência incrível!

Felipe disse...

Hehehe .... mas eu ja comentei nesse post .......... heheh ............. eeee .......... ate + ......... abraçossssssssss