terça-feira, setembro 20, 2005

MISTÉRIOS EM VOLTA DO NOME TITANIC

Na noite do dia 14 de Abril de 1912, um dos acontecimentos mais macabros do século XX fez naufragar o orgulho industrial inglês: O Titanic, o maior e mais luxuoso transatlântico do mundo, afundou matando 1.513 pessoas após colidir com um iceberg que flutuava nas águas do Atlântico Norte. As “casualidades” que envolvem a tragédia são impressionantes.
-
MISTÉRIO I A falta de lanchas de salvamento suficientes foi o argumento usado pelo novelista inglês Morgan Roberson, no seu livro “Futilidade”, como causa da morte de grande parte dos passageiros do transatlântico “Titan”, que, no romance, batia num iceberg. O navio fazia uma viagem inicial e era, na imaginação do escritor, a maior embarcação jamais construída pelo homem. O livro foi escrito catorze anos antes da partida do Titanic do porto de Southampton. Ele também fazia a sua primeira viagem – e última. O imaginário “Titan” e o verdadeiro Titanic eram aproximadamente do mesmo tamanho, transportavam o mesmo número de passageiros – três mil – e atingiam a mesma velocidade. Ambos se afundaram no mesmo ponto do atlântico Norte pelo mesmo motivo.
-
MISTÉRIO II A família Melkis, de Dunstable, Inglaterra, estava a assistir ao filme “Titanic” que a BBC transmitia quando, exatamente na hora do choque do navio com o iceberg, o teto da sua casa foi destroçado por um enorme bloco de gelo caído do céu.
-
MISTÉRIO III O jornalista W. T. Stead publicou, em 1892, um conto prevendo o desastre do Titanic. Ele foi uma das 1.513 pessoas que morreram no naufrágio.
-
MISTÉRIO IV Numa noite de Abril, em 1935, o tripulante William Reeves, que estava de guarda durante uma viagem no navio Titanian entre Tyne e o Canadá, teve um pressentimento. Quando o Titanian chegou ao lugar onde 23 anos antes o Titanic tinha afundado, Reeves teve uma sensação de perigo insuportável. Sem pensar duas vezes, o marinheiro fez soar o alarme. Depois de alguns segundos, apareceu em frente à proa do navio um enorme iceberg, com o qual o Titanian não chocou por um triz. William Reeves, o tripulante sensitivo, tinha nascido no dia 14 de Abril de 1912 (o mesmo dia do naufrágio do Titanic).

7 comentários:

Venino disse...

Olá, seu fotolog ta show. gostei + do misterio 4. será que vc nao tem a foto desse navio Titanian. abraços e parabens.

Venino disse...

ESSA FOTO:
E O MAXIMO
BEM SOMBRIA
BEM DARK

Venino disse...

ESSA FOTO:
E O MAXIMO
BEM SOMBRIA
BEM DARK

JA COPIEI!!!!!

huahuahuahuahuahuahuahua

Mário disse...

Olá alencar é mesmo alguns do misterios ja conhecia. são impressionantes.

leonardo smith disse...

todo dia eu sonho q estou lá no navio pena q é sempre quando ele ta afundando flog legal esse

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e

Diego Silva disse...

Bom, eu acredito em reencarnação e, olhando esse relato de William Reeves eu fico pensando: será que ele não era uma das vítimas que morreram no Titanic e que ele renasceu no mesmo dia em que o navio afundava?