sexta-feira, dezembro 23, 2005

DEPOIMENTO DE LAWRENCE BEESLEY


“O navio levantou-se lentamente, girando sobre o seu centro de gravidade para adotar uma posição vertical! Assim que parou nessa posição, as luzes, que tinham permanecido acesas toda a noite sem falhar, apagaram-se, voltaram a acender-se por um momento e finalmente desapareceram para sempre. O Titanic estava reto como uma coluna: agora só podíamos der a popa e uns 50 metros do casco. O navio descia pouco a pouco pata afundar definitivamente. Os gritos dos náufragos, que a princípio eram fortes, enfraqueceram lentamente até cessarem por completo.”

Lawrence Beesley, nasceu em Wirksworth, em Derbyshire em 31 de dezembro de 1877, filho de Henry Beesley e Annie Maria, embarcou no Titanic como passageiro de 2ª Classe, com o bilhete de número 248698. Beesley estava na sua cabine (D-56), lendo quando a colisão ocorreu, ele observou somente um balanço ligeiro. Depois de seu salvamento Beesley escreveu um livro bem sucedido, a perda do SS Titanic, contando a sua experiência. Morreu em 14 de fevereiro de 1967, com 89 anos de idade.

4 comentários:

Anônimo disse...

pow,legal o cara fazer 1 livro
sera q no brasil tem?

seu blog continua D++++++

feliz natal pra vc

lorenna disse...

OI...Excelente post querido Alencar...
Eu não conhecia esse sobrevivente...
Prabéns...
BEIJOS

Mário disse...

Olá, gostei do post, ae a gente fica a pensar se o filme de Cameron retrata realmente de forma fiél o naufrágio, reparei na sequencia da falha de luzes e a posição do navio. Algo aqui continua incerto e não sei se um dia se saberá a verdade sobre o assunto.

gESSIKA 182 disse...

Q LEKAUUUUUUUUU DEVE SER MASSA O LIVROOOOO BJAO ALENCAR