quarta-feira, março 03, 2010

NAVIOS DA WHITE STAR (1902)

Durante este mês, iremos colocar o restante da relação dos navios da White Star Line. Para rever a relação dos navios da White Star (1863-1900) clique aqui. Apesar de poucas informações e em alguns casos a não existência de fotos, esperamos trazer em cada post, um pouco mais da história naval desta companhia.


ATHENIC
Construção: 1902
Toneladas: 12.234
Construído com o duplo objetivo para o comércio da Nova Zelândia: carga e navio de passageiros. Serviu como transporte de tropas da Primeira Guerra Mundial. Em 1928, o navio foi vendido à empresa norueguesa Tonsberg e convertido em navio baleeiro e recebeu o nome de Pelagos. Em 1941, o navio foi capturado pelos alemães na Antártida. Os alemães converteram o em navio petroleiro para reabastecer U-Boats. Em 1942, foi atacado por um submarino britânico que o afundou. Em 1945, os noruegueses o resgataram e converteram o como navio de passageiros novamente, onde serviu até 1962, quando foi desmantelado.


CEDRIC
Construção: 1902
Toneladas: 21.035
Transportou sobreviventes da tripulação do Titanic de volta ao Reino Unido. Quando o Titanic afundou em abril de 1912, o Cedric estava em Nova York e sua partida foi adiada até o Carpathia chegar com os sobreviventes, incluindo membros da tripulação que não eram necessários para o Tribunal de Inquérito e pretendiam voltar para Liverpool. Em novembro de 1914 foi requisitado para serviços durante a Primeira Guerra Mundial e foi convertido em um cruzador armado mercante para o serviço junto à 10th Cruiser Squadron. Trabalhou em conjunto com o Teutonic, na Patrulha A durante a guerra. Em 1916, foi convertido para operações de tropas inicialmente no Egito e depois para o Estados Unidos. Em abril de 1917 sua operação ficou sob o amparo da Liner Requisition Scheme. Em 29 de janeiro de 1918 durante o comboio HG 27, o Cedric colidiu com o Montreal Canadian Pacific's em Morcambe Bay. O Montreal foi rebocado, mas afundou-se no dia seguinte, 14 milhas do farol Mersey Bar. O Cedric foi devolvido ao seu proprietário, em setembro de 1919 e convertido pela Harland & Wolff. Em 1923, colidiu com o navio da Cunard, o RMS Scythia, na Irlanda. Foi desmantelado em 1932.


CORINTHIC
Construção: 1902
Toneladas: 12.367
Irmão de Athenic e Ionic. Construído pela Harland e Wolff. Trabalhou no comércio na rota da Nova Zelândia e foi usado como transporte de tropas durante a Primeira Guerra Mundial. Corinthic teve uma carreira sem intercorrências e foi desmantelado em 1931, em Blyth.


CRETIC
Construção: 1902
Toneladas: 13.507
Construído pela Harland e Wolff, para a Leyland Line com o nome de Hanoverian. Transferido para a White Star Line em 1906 e rebatizado de Cretic. Durante a Primeira Guerra Mundial, foi usado como transporte de tropas. Em 5 de abril de 1917, o Cretic transportava a 308º Infantaria Americana de Nova York para a França. No momento do embarque descobriu que o navio era o último disponível para tal viagem, sendo assim, embarcaram 2000 soldados, num navio projetado para acomodar 1500 pessoas. As tropas tiveram que dormir em turnos e foram necessários 3 sessões em cada refeição para alimentar todos a bordo. O Cretic retornou ao serviço de passageiros após a guerra e acabou por ser desmantelado em 1929.

3 comentários:

Victor disse...

gostei da historia do Cretic

um pequeno grande heroi *-*

Luiz Felipe disse...

a historia do cedric foi novidade pra mim tbm.

Blog nota 10

FOREVER :)

Daniel disse...

nossa o Cretic virou uma sala de sardinha 500 a mais porraaaa :S

mania na epoca de resgatar navios, reformar e colocar pra navegar dinovo igual o Athenic e outros q ja li aki