segunda-feira, março 15, 2010

NAVIOS DA WHITE STAR (1914-1917)

Durante este mês, iremos colocar o restante da relação dos navios da White Star Line. Para rever a relação dos navios da White Star (1863-1900) clique aqui. Apesar de poucas informações e em alguns casos a não existência de fotos, esperamos trazer em cada post, um pouco mais da história naval desta companhia.


MAJESTIC
Construção: 1914
Toneladas: 56.551
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Majestic 1890) sem o seqüencial 2. Construído pela Blohm & Voss, em Hamburg, Alemanha para a Hamburg-Amerika Line, o navio recebeu o nome de Bismarck, Após reparações de guerra em 1922 foi renomeado para Majestic. Em 1937, após 23 anos de serviços e tendo vários problemas estruturais e elétricos, o navio foi vendido para o Almirantado Britânico para tornar-se um navio de treinamento para cadetes e foi renomeado para HMS Caldonia. Em 1939, afundou no cais na Escócia, depois pegou fogo após um ataque aéreo, presume-se ser causado por falha de fiação elétrica. Foi vendido para a T.W. Wards & Co., em 1940 e desmantelado em 1944.


BRITANNIC
Construção: 1914
Toneladas: 48.158
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Britannic 1874) sem o seqüencial 2. Construído para a White Star Line pelos estaleiros Harland & Wolff, em Belfast, em 1914. Seria o terceiro navio da Classe Olympic. Foi requisitado como navio hospital durante a Primeira Guerra Mundial. Em 21 de novembro de 1916, atingiu uma mina colocada por U-30 e afundou matando 30 pessoas. Nunca foi usado para o transporte de passageiros.


BELGIC
Construção: 1917
Toneladas: 24.547
Quarto navio da companhia a ter o mesmo nome (Belgic 1874, Belgic 1885, Belgic 1903) sem o seqüencial 4. Serviu de transporte de tropas durante a Primeira Guerra Mundial. Em 1923 foi transferido para a Red Star Line, sendo renomeado para Belgenland. Em 1935 foi transferido para Panama Pacific Line, recebendo o nome de Columbia.


JUSTICIA
Construção: 1917
Toneladas: 32.234
Construído para a Holland America Line, pela Harland & Wolff, em Belfast. Antes do término foi requisitado para operar juntamente com os navios na White Star Line, durante a Primeira Guerra Mundial. Foi torpedeado e afundado em 1918 perto de Skerryvore, ocorrendo a perda de 10 vidas.


REGINA
Construção: 1917
Toneladas: 16.313
Construído pela Harland & Wolff, em Belfast, para a Dominion Line. Foi requisitado durante a Primeira Guerra Mundial para ao transporte de tropas, antes mesmo do seu término. Em 1919, foi devolvida a Harland & Wolff para a sua conclusão, incluindo a adição da sua segunda chaminé. Em 1923 realizou viagens para a White Star e Dominion Line. Foi transferida unicamente a White Star em 1925, pelo IMM, mas por razões desconhecidas, manteve o nome Regina. Em 1929 foi transferida para a Red Star Line, recebendo o nome de Westernland. Participou da Segunda Guerra Mundial como navio reparador e de depósito. Em 1945 voltou a Cunard-White Star, planos de reequipamento para o seu uso foram abandonados devido à sua idade, então foi vendindo 1946 para ser um navio baleeiro, mas esse plano também foi abandonado. Finalmente foi desmantelado em 1947.

4 comentários:

Daniel disse...

Justicia e Regina nomes nada a ver com os IC da White Star.
Mto bom os post, parabéns!

Victor disse...

ate agora belgic foi o nome mais usado pela white star, incrivel *-*
mto bom os topicos, parabens
vc eh 10

Mário disse...

muito bom o post, só faltou indicar que o Britannic inicialmente era para ser chamado Gigantic, devido a mitologia grega, pena nunca ter ocorrido, mil e um parabéns, fique atento ao meu blog esta e a próxima semana, tenho certeza que vai gostar!

lucas disse...

Por favor, peço ao administrador do maravilhoso Blog, que entre em contato comigo pelo e-mail lucasrubio18@hotmail.com
Gostaria de tirar dúvidas sobre o seu blog.
Lhe peço, obrigado!!!