quarta-feira, março 17, 2010

NAVIOS DA WHITE STAR (1918)

Durante este mês, iremos colocar o restante da relação dos navios da White Star Line. Para rever a relação dos navios da White Star (1863-1900) clique aqui. Apesar de poucas informações e em alguns casos a não existência de fotos, esperamos trazer em cada post, um pouco mais da história naval desta companhia.


BARDIC
Construção: 1918
Toneladas: 8.010
Construído em 1918 como um navio de carga sob o nome de War Priam, foi vendido para a White Star e renomeado Bardic. Era um navio lento e por isto foi vendido em 1926 para Aberdeen Line e recebeu o nome de Horatius. Permaneceu por sete anos na Aberdeen Line, depois foi transferido para Shaw - Savill and Abion Line e foi renomeado para Kumara. Em 1937, foi vendido para Greek Shipping Line, sendo renomeado Marathon. Em 3 de setembro de 1941, foi afundado pelo couraçado alemão Scharnhorst, próximo as ilhas de Cabo Verde.


DELPHIC
Construção: 1918
Toneladas: 8.006
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Delphic 1897) sem o seqüencial 2. Construído pela Workman, Clark and Company Ltd., em Belfast, para a Booth Line, como navio de carga. Logo após seu lançamento foi requisitado pelo Shipping Controller of London e recebeu o nome de War Icarus. Foi utilizado no final da Primeira Guerra Mundial. Após o término da guerra foi vendido para Atlantic Transport Line e recebeu o nome de Masaba. Em 1925, foi transferido para a White Star para o transporte de carga e recebeu o nome de Delphic. Em 1933, foi vendido a Clan Line, sendo renomeado para Clan Farquhar. Desmantelado em 1948.


GALLIC
Construção: 1918
Toneladas: 7.914
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Gallic 1894) sem o seqüencial 2. Foi requisitado pelo Shipping Controller of London e recebeu o nome de War Argus. Em 1919, foi transferido para a White Star e recebeu o nome de Gallic. Em 1933, foi vendido a Clan Line, sendo renomeado para Clan Colquhoun.


VEDIC
Construção: 1918
Toneladas: 9.332
Foi um dos primeiros navios da White Star Line a ser sucateado, após a fusão entre White Star e Cunard. Construído pela Harland & Wolff, em 1918, foi imediatamente enviado para o transporte de tropas. Somente em 1920, o Vedic após reforma, foi utilizado na rota Liverpool-Canadá para o transporte de imigrantes. Em 1925, sua rota passou a ser Austrália. Em 1934, foi desmantelado em Rosyth.

4 comentários:

Victor disse...

poraaaaaa :S
so barco feio hj, que decadencia da white star!!!!
parabens + uma vez pelos topicos

Mário disse...

http://titanicfans.blogspot.com/
vai lá *_* vai gostar da novidade assassinos a bordo do titanic!

Rodrigo Aparecido Piller disse...

Mas que coisa! Era um tal de vende-vende que nunca vi igual!! KKK Eram como os carros de hoje,,, não gostou?.......... VENDE!!!


Muito bom o post amigo! Abraço!!!

Daniel disse...

achei interesse o final dos navios Delphic e Gallic

;)