quinta-feira, março 11, 2010

NAVIOS DA WHITE STAR (1911)

Durante este mês, iremos colocar o restante da relação dos navios da White Star Line. Para rever a relação dos navios da White Star (1863-1900) clique aqui. Apesar de poucas informações e em alguns casos a não existência de fotos, esperamos trazer em cada post, um pouco mais da história naval desta companhia.


NOMADIC
Construção: 1911
Toneladas: 1.273
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Nomadic 1891) sem o seqüencial 2. Construído para a White Star Line em 1911 pela Harland e Wolff, em Belfast, com o propósito de transportar os passageiros de Cherbourg até o Olympic e Titanic. O Nomadic foi construído para substituir o velho Gallic. Era muito similar ao seu irmão Traffic. A White Star Line vendeu o Nomadic em 1933 para uma companhia em Cherbourg e recebeu o nome de Ingenieur Minard. Serviu como navio patrulha durante a Segunda Guerra Mundial para a Marinha Real. Após a guerra, Nomadic (Ingenieur Minard) participou de um concurso juntamente com o Queen Mary em 1968. Foi vendido depois para um comprador particular que o transformou em restaurante em 1977 sobre o Rio Sena, na França. O restaurante saiu dos negócios, e o pequeno navio ficou por quase 30 anos vazio. As coisas pareciam sombrias para o Nomadic, pois o proprietário estava pensando em vender para sucatear. Em 2006, foi adquirido pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Belfast, Irlanda.


OLYMPIC
Construção: 1911
Toneladas: 45.234
O primeiro navio da classe Olympic da White Star Line. Construído para competir contra a Cunard Line juntamente com seus irmãos Titanic e Britannic. Participou da Primeira Guerra Mundial no transporte de tropas. Foi responsável pelo afundamento do submarino alemão U-103 em 12 de maio de 1918. O RMS Olympic, na época HMT Olympic, foi o único navio mercante a afundar um submarino durante a guerra. Em 1934, o RMS Olympic chocou-se e afundou o Lightship LV-117, um pequeno navio farol próximo a New York, onde no dia havia um denso nevoeiro. Houve a perda de sete tripulantes. Após 24 anos de um serviço incrível, o RMS Olympic fez sua última viagem em 27 de março de 1935, logo após foi vendido por 100.000 libras em 1935, sendo parcialmente desmontado em Jarrow, Inglaterra. Em 19 de setembro de 1937 foi rebocado até Inverkeithing, cidade portuária ao sul da Escócia, onde finalmente terminou o desmanche.


TRAFFIC
Construção: 1911
Toneladas: 675
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Traffic 1873) sem o seqüencial 2. Construído nos estaleiros Harland & Wolff para a White Star Line foi lançado em 27 de abril de 1911. Seu dever era transportar passageiros da 3ª classe, bagagem e correio do porto de Cherbourg até o Olympic e Titanic. Com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, em 1914, o Traffic foi usado como transporte de tropas para os navios de guerra de grandes dimensões. Depois da guerra, em 1929, o Traffic foi vendido a French Line para executar o mesmo serviço de transporte de passageiros do porto até os grandes navios. Mais tarde, naquele mesmo ano, colidiu com Homeric e teve danos consideráveis. Após os reparos, incluindo novas hélices para melhor desempenho, o Traffic ironicamente se envolveu em outra colisão com outro navio da IMM; o Minnewaska IV da Atlantic Transport Line's. Sobrevivendo ao ano de 1930, o Traffic, foi remoneado para Ingenieur Riebell, e estava em serviço na Segunda Guerra Mundial. Foi afundado deliberadamente pela Marinha Francesa no porto de Cherbourg para bloquear o avanço da frota naval alemã. Os alemães o resgataram e converteram o Ingenieur Riebell como um cruzador de comboio de escolta armada. Atuando na frota inimiga, o ex-Traffic da WSL, que levou passageiros ao Olympic e Titanic foi torpedeado e afundado pela Marinha Real Britânica em 17 de janeiro de 1941.


ZEALANDIC
Construção: 1911
Toneladas: 8.090
Construído pela Harland e Wolff, em Belfast, foi usada em conjunto com a Shaw Savill and Albion Line na rota Liverpool-New Zealand. Entre 1917 a 1919, serviu na Primeira Guerra Mundial, como transporte de tropas, em seguida, retornou ao serviço de passageiro. Em 1926 foi vendida para a Aberdeen Line e foi renomeado para Mamilius. Foi transferida novamente para a Shaw Savill and Albion Line e foi rebatizado com o nome Mamari. Em 1939 foi vendido para a Marinha Britânica para servir na Segunda Guerra Mundial. Foi remodelado numa versão do HMS Hermes para servir de chamariz aos inimigos. Em 1942, após um ataque aéreo alemão, ficou encalhado. Antes que pudesse ser reparado e liberado, foi torpedeado pelo U-106.

9 comentários:

Daniel disse...

a historia do Traffic eh FODASTICA
to adorandu esses resumos dos navios, nota 1000000

Rodrigo disse...

eu acho legal sao os nomes dos navios, uns são engraçados, e suas historias tbm.

seu blog é o melhor do BRASIL...ZIL...ZIL...ZIL

Victor disse...

esse foi premiado nomadic, olympic, trafifc, tudo junto, lindo demais as resenhas.
parabens pelo blog ele eh 1.000



seu blog é o melhor do BRASIL...ZIL...ZIL...ZIL [2]

Anônimo disse...

O voces não dizem a dimenção do titanic tamanho etc.... nao falam também do bri;tannic

Anônimo disse...

O voces não dizem a dimenção do titanic tamanho etc.... nao falam também do bri;tannic

Anônimo disse...

Eu uso essas reportagens sobre os navios para uma materia especial do meu site, quem quiser ver>> http://rmslucasrubio.webnode.com.br/r-m-s-titanic/

Obrigado pessoal!!!!!!!!!

Utilizadores disse...

Não falam da história do titanic nem da do britannic . as histórias deles tbm são interessantes

TATY LOWE disse...

Oi, cadê artigo sobre o BELGIC 1911?
Tô procurando sobre ele pra postar em uma página do face e não encontro em lugar algum, acho que ele tá se escondendo de mim!!

Alencar Silva disse...

TATY LOWE,
Houve apenas três navios da White Star Line com o nome de Belgic.

BELGIC
Construção: 1874
Toneladas: 2.652
Similar ao Gaelic, foi fretado entre 1875 a 1883 pela Occidental & Oriental SS Co., na rota de São Francisco. Foi vendido em 1883 para uma companhia espanhola recebendo o nome de Bilbao. No mesmo ano foi vendido novamente para uma companhia de Portugal, sendo renomeado para Goefredo. Em 1884 ficou encalhado em Burbo Bank quando entrava no Mersey River (Reino Unido), onde ficou encalhado por dois anos. Foi resgatado e sucateado em 1886.


BELGIC
Construção: 1885
Toneladas: 4.212
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Belgic 1874) sem o seqüencial 2. Similar ao Gaelic e quase irmão do Ionic, participou como navio de tropa na Guerra de Bôer. Foi vendido em 1899 para a Atlantic Transport Line, renomeado para Mohawk. Desmantelado em 1903, em Liverpool.


BELGIC
Construção: 1903
Toneladas: 9.748
Terceiro navio da companhia a ter o mesmo nome (Belgic 1874 e Belgic 1885) sem o seqüencial 3. Ex-navio Mississippi da Atlantic Transport Line, transferido em 1911 para a Red Star Line, e renomeado Belgic. Em 1913 recebeu o nome de Samland.

Nós já comentamos a história dos três aqui no Blog:

http://titanicmomentos.blogspot.com.br/2009/03/navios-da-white-star-1874.html

http://titanicmomentos.blogspot.com.br/2009/03/navios-da-white-star-1885-1888.html

http://titanicmomentos.blogspot.com.br/2010/03/navios-da-white-star-1903.html

Obrigado pela visita!

=)